terça-feira, 8 de setembro de 2009

Observação


Um transpirar descompassado
no arfar cavalgar
das manhãs
na leveza de teus passos
boniteza em aquarela...
Pintas tu entre nós
Pinto eu teus finos traços
na estranheza de teus lábios
rosa úmida
aqueço singular paixão.
Nada de desejos
mácula dos apaixonados
apenas
o encontrar-me entre teus seios..
um instante no jardim
de tua primavera.
E nesta encruzilhada
perco-me
teu escravo
a contemplar sem pressa
vasto mistério
teu olhar
suaves promessas.

5 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Oi Leandro, texto e imagem se completam num belo poema.
Abraço

Ivens B. Iskiewicz disse...

Nossa, que belo poema! Tua escrita me atrai bastante... Um texto que deixa claro que você está apaixonado. Acho muito legal essa demonstração de sentimentos.
Ah, sinto-me honrado pelos seus elogios... Por ter me visitado. Gosto muito de Legião Urbana, sem dúvidas Vento no Litoral está entre as músicas que mais gosto. Hoje em dia a maioria é muito influenciada pela mídia, infelizmente minhas músicas favoritas são pertencem a bandas dos anos 80, 80... Gostaria de tê-las visto no apogeu.

Forte abraço!

Patrícia disse...

Oi, Leandro!
Sou de Pelotas e estou muito interessada em pesquisar sobre Anna César e toda esta trajetória literária de Camaquã, pois pretendo fazer mestrado em literatura. Procurei algo na internet, mas há pouca coisa, quase nada. Acabei chegando até o teu blog. Estou pensando em ir até Camaquã para começar a pesquisar. Sabes me dizer onde eu poderia encontrar material?

Muito legal o teu blog!

Abraço!

mariana disse...

Nossa Leandro muito lindo o poema.. fiquei até pensativa haha
bjos

Mouroblog disse...

Bem a sensualidade é um banho em tuas palvras e que corpo que é despido e lavado com estes sentimentos obrigado por limpar meus sentidos com esta configuração de palavras