sexta-feira, 17 de julho de 2009

Reminiscências


As feridas de amor não se cicatrizam
elas disfarçam-se
ódio
indiferença
sagaz melancolia
amizade.
Um beijo não dado
um amor não partilhado
é como velas não alçadas ao mar
ficam presas num cais qualquer
amanhecer silencioso de espectadores
som das cordas de um violão
não transformado em canção..
e no rosto triste em uma multidão de sorrisos superficiais
repousa o frenesi dormente
da descoberta adormecida
falando de um amor não vivido
porque dos outros...
Ah, os outros
são reminiscências do passado...

7 comentários:

Rosana =] disse...

"som das cordas de um violão
não transformado em canção.."

É triste perder um amor, mas mais triste ainda é nunca tê-lo tido. Memórias são preciosas mesmo quando causam dor. A música que nos embala nos mostra o que vivemos, ou o que gostaríamos de ter vivido...aquilo que vivemos apenas em nossos sonhos.

"Reminiscências" ... retrato lembranças que não se vão...

tamires ávila disse...

Léooo...Parabéns!
Lindas poesias...o Blog ta marah!
Vo passa o link pros meus amigos verem teu talento!
Beeijão! tdo di melhor!*-*

David disse...

MUITO LEGAL O CONTEUDO.....

AHHH O AMOR....
MOVE SONHOS, VIDAS E PENSAMENTOS DE POETAS.....



vou repassar pra visitas.... grande abraço....

DO AMIGO RICARDO

Tainara Toledo disse...

Léo...como sempre lindas poesias.Parabéns!
E continue sempre assim porque talentos que nem o seu não encontramos todos os dias e nem sempre temos a honra de ser amigos de uma pessoa como você.
Obrigada por você fazer parte de minha vida lindo.
Te desejo tudo de Bom

vivi_cat85 disse...

Leandro, teu blog tá show...Adorei!Tá a tua cara...bem misterioso...
Beijos e saudades
Viviane

kamila disse...

Ameeeeeeeei. tá tri massa teu blog. :B
bah.. tens talento, hein, tchê?!
te adoro :)
bjs ;*

Jú disse...

baaah, muito bom.. adorei!
parabéns, tu tem talento, sério.