domingo, 11 de outubro de 2009

Talvez


Talvez
amanhã
no alvorecer primaveril
queiras me beijar
suavemente
como ondas ao mar.
E entre respingar
de sorrisos
trocados
sejamos apenas
loucos
homem e mulher
feitos
ato de amar.

2 comentários:

[ rod ] ® disse...

suas confissões são poéticas... onde o fato do querer se exprime de forma sublime. abs meu caro.

mariana disse...

Lindo e encantador!
Tuas obras são incríveis, parabéns.